O absenteísmo na equipe de enfermagem em um hospital no interior de Minas Gerais

Josely Pinto de Moura, Policardo Gonçalves da Silva, Jemima Alves Miranda, Márcia Mattes Mello de Oliveira

Resumo


Levantar o índice do absenteísmo da equipe de enfermagem e suas principais causas em um hospital no interior de Minas Gerais. Trata­-se de uma pesquisa quantitativa, descritiva, retrospectiva com análise documental. A pesquisa teve como público alvo todos os funcionários lotados nas unidades de internação do referido hospital. Foram totalizados 408 funcionários de enfermagem, sendo eles, auxiliares de enfermagem, técnicos de enfermagem e enfermeiros. Utilizou os arquivos do setor de Recursos Humanos (RH) como fonte da coleta de dados. Foram identificados 2308 afastamentos de profissionais de enfermagem no ano em estudo, sendo 298 faltas por motivo não justificado e 2010 faltas justificadas por atestados médicos. As unidades com maiores taxas de absenteísmo foram: Ala A (2,76%), Ala F (2,50%), UTI Neonatal (2,30%), Clínica Cirúrgica (2,12%), Pediatria e UTI Adulto (1,96%). As principais causas de absenteísmo por doenças mais frequentes, foram: diarreia (55 atestados), dor lombar (25 atestados), sinusite (20 atestados) e episódios depressivos (15 atestados). Os setores que obtiveram maior índice foram aqueles que apresentaram uma rotina mais complexa de cuidados intensivos. Os setores que obtiveram maior índice de absenteísmo são a Ala A (2,76%) e a Ala F (2,50%). As principais causas dos atestados médicos que contribuíram para o absenteísmo, foram: diarreia (55 atestados) e dor lombar (25 atestados).


Palavras-chave


Absenteísmo. enfermagem. atestado médico.

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, R. M. D.; SIMÕES, A. L. A. Ausências por adoecimento na equipe de enfermagem de um hospital de ensino. Cienc. Cuid. Saude. v.8, Uberaba, 2009. Disponível em: < http://bases.bireme.br/cgibin/wxislind.exe/iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&src=google&base=LILACS〈=p &nextAction=lnk&exprSearch=644349&indexSearch=ID> Acesso em 15 mar 2014.

ANAHP. Observatório ANAHP. 2014. Disponível em: . Acesso em: 13 jul. 2014.

COSTA, F. M.; VIEIRA, M. A.; SENA, R. R. Absenteísmo relacionado à doenças entre membros da equipe de enfermagem de um hospital escola. Rev. Bras. Enf., Montes Claros, v. 62, n.1, 2009. Disponível em: >. Acesso em 27 mar 2013.

FAKIH, F. T.; TANAKA, L. H.; CARMAGNANI, M. I. S. Ausências dos colaboradores de enfermagem do pronto-socorro de um hospital universitário. Acta paul. Enf. São Paulo, v. 25, N. 3. Disponível em: . Acesso em: 28 mar 2013.

FERNANDES, R. L.; HADDAD, M. C. L.; MORAIS, A. E. P.; TAKAHASHI, I. T. M.

Absenteísmo em Hospital Filantrópico de Médio Porte. Seminario da Saúde: Ciências Biológicas e da Saúde, Londrina, v. 32, n. 1, p. 3-14, 2011. Disponível em: Acesso em: 14 mar 2014.

FERREIRA, R. C.; GRIEP, R. H.; FONSECA, M. J. M.; ROTENBERG, L. Abordagem multifatorial do absenteísmo por doença em trabalhadores de enfermagem. Rev. Saúde Pública, São Paulo, v. 46, n. 2, 2012. Disponível em: Acesso em 01 abr 2013.

FONTENELLES, M. J. SIMÕES, M.G, FARIAS, S. H. FONTELLES, R. G. S. Metodologia da Pesquisa Científica: Diretrizes para a elaboração de um protocolo de pesquisa. Belém, 2009. Disponível em: < http://files.bvs.br/upload/S/0101-5907/2009/v23n3/a1967.pdf> Acesso em: 05 fev 2014.

INOUE, K.C.; MATSUDA, L.M. SILVA, D. M. P. P. da; UCHIMURA, T. T.; MATHIAS, T. A. F. Absenteísmo-doença da equipe de enfermagem em unidade de terapia intensiva. Rev. Bras. Enf, Brasília, v. 61, n. 2, 2008. Disponível em: . Acesso em 28 mar 2013.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M.A. Técnicas de pesquisa. 7 ed. São Paulo: Atlas, 2006.

LAUS, A. M.; ANSELMI, M. L. Ausência dos trabalhadores de enfermagem em um hospital escola. Rev. esc. enferm. USP. v.42, n.4, p. 681-689, 2008. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v42n4/v42n4a09.pdf>. Acesso em 03 mar 2013.

MAGALHÃES, N. A. C.; FARIAS, S. N. P.; MAURO, M. Y. C.; DONATO, M. D.; DOMINGOS, A. M. O absenteísmo entre trabalhadores de enfermagem no contexto hospitalar. Rev. enferm. UERJ, Rio de Janeiro, v.19, n.2, 2011. Disponível em: < http://www.facenf.uerj.br/v19n2/v19n2a09.pdf>. Acesso em: 17 mar 2014.

MARTINATO, M. C. N. B.; SEVERO, D. F.; MARCHAND E. A. A.; SIQUEIRA, H. C. H. Absenteísmo na enfermagem: uma revisão integrativa. Rev. Gaúcha Enf., Porto Alegre, v. 31, n. 1, 2010. Disponível em: . Acesso em: 28 mar 2013.

MEIRA, J. B.B. Absenteísmo por enfermidade: sugestão para seu controle.

Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, São Paulo, v. 10, n. 40, p. 68-76, 1982.

MORESI, E. Metodologia da Pesquisa. Brasília, 2005. Disponível em: Acesso em: 28 maio 2013.

REIS, R.J.; ROCCA, P F.L.; SILVEIRA, A.M.; BONILLA, I.M.L.; GINÉ, A.N.; MARTÍN, M. Fatores relacionados ao absenteísmo por doença em profissionais de Enfermagem. Revista de Saúde Pública, Belo Horizonte, v. 37, n. 5, p. 616-623, 2003. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102003000500011> Acesso em: 05 maio 2014.

SANCINETTI, T. R.; SOARES, A.V.N.; LIMA, A. F. C.; SANTOS, N. C.; MELLEIRO, M. M.; FUGULIN, F. M. T.; GAIDZINSKI, R. R. Taxa de absenteísmo da equipe de enfermagem como indicador de gestão de pessoas. Rev. Esc. Enf. USP, São Paulo, v. 45, n. 4, 2010. Disponível em: . Acesso em: 28 mar 2013.

SILVA, D. M. P. P.; MARZIALE, M.H.P. Absenteísmo de trabalhadores de enfermagem em um hospital universitário. Rev. Latino-Am. Enf. Ribeirão Preto. v. 8 n. 5, 2000. Disponível em: . Acesso em: 28 mar 2013.

UMANN, J.; GUIDO, L. A., LEAL, K. P.; FREITAS, E. O. Absenteísmo na esquipe de enfermagem no contexto hospitalar. Cienc Cuid Saude, Santa Maria, n. 1, 2011. Disponível em:.

Acesso em 17 mar 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2359-1269v4n1201764

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Josely Pinto de Moura, Policardo Gonçalves da Silva, Jemima Alves Miranda, Márcia Mattes Mello de Oliveira

INDEXADORES:

 


Eixos Tech, Passos, MG, Brasil. e-ISSN: 2359-1269

Classificação Qualis: B4

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado por Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.