A IMPORTÂNCIA DO TELESAÚDE NO CUIDADO COM A POPULAÇÃO

Juliano Souza Caliari

Resumo


Objetivo: Buscar evidências do telesaúde para o cuidado com a população. Metodologia: Trata-se de uma revisão em bases de dados de saúde, utilizando-se os descritores “Tele Enfermagem”, “Tele Cuidado”, “Tele Consulta” e “Tele Medicina”. Resultados: Dos 33 artigos, 40% estão em periódicos específicos da enfermagem e 94% descrevem a eficácia do tele medicina no atendimento a população; 94% foram publicados nos anos de 2011-2014, dez estudos descrevem os benefícios do programa e 21 tratam da sua aplicação no cuidado com o cliente. Conclusão: Os resultados apontam a necessidade de pesquisas de maior nível de evidência e de publicações em periódicos que facilitem a visualização on line dos estudos, além de melhor adequação dos resumos, os quais trazem falhas de apresentação de dados das pesquisas.

Texto completo:

PDF

Referências


Albuquerque EM, Souza SGA, Baessa AR. Pesquisa e inovação em saúde: uma discussão a partir da literatura sobre economia da tecnologia. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, 2004, 9 (2).

Beia SC, Nicoll LH. Writing an integrative review. AORN J., 1998; 67 (4): 877-880.

Broome ME. Integrative literature reviews for the development of concepts. In: Rodgers BL, Knafl KA. (Ed.). Concept development in nursing: foundations, techniques and applications. Philadelphia (USA): W.B Saunders Company; 2000. p.231-50.

Cecagno D, Siqueira HCH, Cezar Vaz MR. Falando sobre pesquisa, educação e saúde na enfermagem. Rev Gaúcha Enferm, Porto Alegre (RS) 2005 ago;26(2):154-60.

Coutinho M, Min LS. Como ter acesso à literatura médica. In: Drummond JPE, Coutinho M. Medicina baseada em evidências. São Paulo: Atheneu, 2002. p. 25-36.

Cutait R. Telemedicina e cirurgia. Rev. Col. Bras. Cir., Rio de Janeiro, 2001; 28 (3). Lima CMAO et al . Videoconferências: sistematização e experiências em telemedicina. Radiol Bras, São Paulo, 2007; 40 (5).

Linardi AG, Rodrigues DP, Diógenes MAR, Fraga MNO, Damasceno MMC. Estrutura dos resumos sobre saúde da mulher apresentados em um congresso brasileiro de enfermagem. Rev. RENE. Fortaleza, 2007, 8(1): 46-51.

Machado FSN et al . Utilização da telemedicina como estratégia de promoção de saúde em comunidades ribeirinhas da Amazônia: experiência de trabalho interdisciplinar, integrando as diretrizes do SUS. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, 2010; 15 (1).

Polit DF, Beck CT, Hungler BP. Avaliação dos métodos de coleta de dados. IN: Pesquisa em enfermagem., 2004; 5. ed. p. 265-272.

Rezende EJC et al. Ética e telessaúde: reflexões para uma prática segura. Rev Panam Salud Publica, Washington, 2010; 28 (1).

Rezende F, Ostermann F A. Prática do professor e a pesquisa em Ensino de física: novos elementos para repensar essa relação. Cad. Brás. Ens. Fís.2005, 22 ( 3): 316-337.

Santos WLP, Mortimer EF. Uma análise de pressupostos teóricos da abordagem C-T-S (Ciência – Tecnologia – Sociedade) no contexto da educação brasileira. ENSAIO – Pesquisa em Educação em Ciênias, 2002, 2 (2).

Silveira CS, Zago MMF. Pesquisa brasileira em enfermagem oncológica: uma revisão integrativa. Rev. Lat. Am. Enferm., 2006; 14 (4): 614-19. .

Stetler CB, et al. Evidence-based practice and the role of nursing leadership. J. Nurs. Adm., 1998; 28 (7-8): 45-53.




DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2359-1269v1n2201535

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais

INDEXADORES:

 


Eixos Tech, Passos, MG, Brasil. e-ISSN: 2359-1269

Classificação Qualis: B4

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado por Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.