O CONHECIMENTO E A ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO EM RESSUSCITAÇÃO CARDIOPULMONAR

Lauren Matozinhos Clark, Lays Figueiredo Inácio da Silva, Vanessa Oliveira Silva Pereira, Denise Ferreira Gomide Batista, Juliana da Silva Garcia Nascimento, Mateus Goulart Alves

Resumo


Introdução: As Doenças Cardiovasculares são as principais causas de morte no mundo. Estima-se que a Parada Cardiorrespiratória ocorra, por ano no Brasil, algo em torno de 200.000 casos.  A eficácia no atendimento de uma Parada Cardiorrespiratória está diretamente ligada à competência, conhecimento técnico-científico, agilidade e habilidade por parte dos profissionais atuantes no atendimento à vítima.  Objetivo: Levantar, por meio de revisão de literatura, sobre o conhecimento de enfermeiros acerca da Ressuscitação Cardiopulmonar. Metodologia: Trata-se de um estudo desenvolvido por meio de uma revisão integrativa da literatura, conduzida pela seguinte questão norteadora: “Como tem sido o conhecimento do enfermeiro frente à Ressuscitação cardiopulmonar?” As investigações foram realizadas no mês de abril de 2018, na Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), ScientificElectronic Library Online (SciELO), Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (LILACS), National Library of Medicine andNattionalInstitutes of Health (PubMed) e Google acadêmico. Para o levantamento bibliográfico foram utilizados os seguintes descritores, em língua portuguesa e inglesa: Parada cardíaca, Reanimação cardiopulmonar, Atendimento de emergência, Assistência e Papel do profissional de enfermagem. Empregou-se o operador booleano and para combinar os descritores durante a busca. Os critérios de inclusão definidos para a seleção dos artigos foram: artigos publicados em português, inglês ou espanhol; artigos na íntegra que retratassem a temática investigada e artigos publicados e indexados nos últimos dez anos. Oito artigos compuseram a amostra final. Resultado: Estudos evidenciam que enfermeiro não possui conhecimento teórico-prático para o atendimento com qualidade e satisfatório em PCR, relatam a importância de que sejam frequentes as capacitações para atualizações. É necessário que haja a implantação de um programa de capacitação do enfermeiro para o atendimento da Parada Cardiorrespiratória, de forma a aproximar a sua realidade prática dos conhecimentos que estão sendo atualizados e produzidos a respeito do assunto, com a finalidade de contribuir para uma padronização e uniformização excelente e eficaz do atendimento. A American Heart Association publica diretrizes, com a finalidade de padronizar o atendimento às vítimas de Parada Cardiorrespiratória. Conclusão: Ressalta-se que há deficiência quanto ao conhecimento do enfermeiro em relação à Parada Cardiorrespiratória, e consequentemente na implementação de Ressuscitação Cardiopulmonar adequada. É evidente que os profissionais de enfermagem desempenham um papel importante nas intervenções no atendimento à Parada Cardiorrespiratória. Um dos dificultadores é a limitação de cursos de atualização na temática. Assim, mostra-se necessário que haja equipes preparadas e sempre atualizadas nas diretrizes da American Heart Association para realização da Ressuscitação Cardiopulmonar de maneira adequada e embasada em consensos científicos internacionais. 


Palavras-chave


Parada cardíaca; Reanimação cardiopulmonar; Atendimento de emergência; Assistência; Papel do profissional de enfermagem.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAGÃO, E. S., ASSIS, E. S. Abordagem técnico-científica dos profissionais de enfermagem durante a assistência a uma parada cardiorrespiratória: uma revisão integrativa. CIE, Tiradentes, v. 1, n. 1, 2017. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2018.

BELLAN, M. C., ARAÚJO, I. I. M., ARAÚJO, S. Capacitação teórica do enfermeiro para o atendimento da parada cardiorrespiratória. Rev. bras. Enferm., Brasília, v. 63, n.6, 2010. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2018.

CALDEIRA, M. E., ANTES, M. M., KIELY, S. C. The Role of the Non-ICU Staff Nurse on a Medical Emergency Team: Perceptions and Understanding, Am J Nurs, USA, v. 111, n.5, p. 22-9, 2011. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2018.

CANOVA, J. C. M., CYRILLO, R. M. Z., HAYASHIDA, M., POMPEO, D. A., RIBEIRO, R. C. H., DALRI, M. C. B. Parada cardiorrespiratória e ressuscitação cardiopulmonar: vivências da equipe de enfermagem sob o olhar da técnica do incidente crítico. Rev. Enf. UFPE Online, Recife, v. 9, n. 3, p. 7095-103, 2015. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2018.

CAVEIÃO, C., SALES, W. B., BREY, C., SCUSSIATO, L. A., CARNEIRO, G. M. B., OLIVEIRA, A. C. Conhecimentos de acadêmicos de enfermagem acerca das diretrizes de reanimação cardiopulmonar no suporte básico de vida para adultos. Rev. Ciên. Saúde, São Paulo, v. 2, n. 3, 2017. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2018.

FELIPE, M. C., CARDOSO, A. L. Conhecimento da equipe de enfermagem no atendimento a pacientes em parada cardiorrespiratória. Rev. UNINGÁ, Maringá, v. 37, n. 1, 2018. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2018.

GONZALEZ, M. M., TIMERMAN, S., OLIVEIRA, R. G., POLASTRI, T. F., DALLAN, L. A. P., ARAÚJO, S., LAGE, S. G., SCHMIDT, A., BERNOCHE, C. S. M., CANESIN, M. F., MANCUSO, F. J. N., FAVARATO, M. H. I diretriz de ressuscitação cardiopulmonar e cuidados cardiovasculares de emergência da Sociedade Brasileira de Cardiologia: resumo executivo. Arq. Bras. Cardiol, São Paulo, v.100, n.2, 2013. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2018.

JUNIOR MEIRA, L. E., SOUZA, F. M. S., ALMEIDA, L. C. A., VELOSO, G. G. V., CALDEIRA, A. P. C. Avaliação de treinamento em suporte básico de vida para médicos e enfermeiros da atenção primária. RBFC, Rio de Janeiro, v. 11, n. 38, 2016. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2018.

KNOPFHOLZ, J., KUSMA, S. Z., MEDEIROS, Y. R. C., MATSUNAGA, C. U., LORO, L. S., ORTIZ, T. M., ZANIS B. H., GUILHERME, G. F. Capacidade de manuseio da parada cardíaca em locais de alto fluxo de pessoas em Curitiba. Rev. Soc. Bras. Clin. Med, Paraná, v.13, n.2, p. 114-118, 2015. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2018.

MENEZES, M. G. B., ABREU, R. D., FARIA, T. M. V., RIOS, M. S., CARDOSO, F. F., SILVA, M. P. S. O conhecimento dos profissionais de enfermagem sobre o atendimento de reanimação cardiopulmonar em Pará de Minas, Papagaios e Pitangui/MG. SynThesis Rev. Dig. FAPAM, Pará de Minas, v.1, n.1, p. 293-307, 2009. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2018.

MORAES, C. L. K., PAULA, G. M. A. P., SILVA, J. R., RODRIGUES, M. C. L. Desafios enfrentados pela equipe de enfermagem na reanimação cardiorrespiratória em uma unidade de emergência hospitalar. Rev. Elet. Estácio Saúde, Santa Catarina, v. 5, n. 1, 2016. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2018.

SALDANHA, M. F. L. S., SILVA, A., FERNANDES, A. O., FILONI, E. Avaliação do conhecimento de universitários sobre os sinais e sintomas e primeiros socorros em parada cardiorrespiratória. REBES, Pombal – PB, v. 6, n.1, p. 08-14, 2016. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2018.

SANTOS, E. B. Parada e Reanimação Cardiopulmonar em Criança: atuação da equipe de enfermagem da Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica em hospital público de Vitória da Conquista – Bahia. Rev. Mult. e de Psic, Pernambuco, v. 12, n. 39, 2018. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2018.

SILVA, J.N., MONTEZELI, J.H., GASTALDI, A.B. Suporte Básico à vida em adultos: conhecimento dos enfermeiros sobre as diretrizes 2010-2015. Rev. Enferm. UFPE online, v. 7, n. 5, p.1256-63, 2013. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2359-1269v5n12018124

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Lauren Matozinhos Clark, Lays Figueiredo Inácio da Silva, Vanessa Oliveira Silva Pereira, Denise Ferreira Gomide Batista, Juliana da Silva Garcia Nascimento, Mateus Goulart Alves

INDEXADORES:

 


Eixos Tech, Passos, MG, Brasil. e-ISSN: 2359-1269

Classificação Qualis: B4

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado por Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.