EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA IDOSOS EM UMA UNIVERSIDADE ABERTA PARA MATURIDADE

Rhuan Luiz Ribeiro Mota, Nilzemar Ribeiro De Souza, Vilma Helenice Contato Rossi, Pamella Graciela Messias Santos, Rafaela Esteves Guimarães

Resumo


O envelhecimento produz alterações biopsicossociais no idoso. Porém, muitas vezes, essas alterações são vistas como um processo patológico e não como um processo natural de todo ser humano. No presente estudo, tivemos como objetivo, avaliar as mudanças psicossociais em idosos na Universidade Aberta para Maturidade – UNABEM, após atividades de educação em saúde. Trata-se de um estudo qualitativo, de natureza extensionista, com interface com a pesquisa que foi realizada na UNABEM – que é um Programa voltado para Terceira Idade, com sede na Universidade do Estado de Minas Gerais/UEMG unidade de Passos, com 50 idosos acima de 60 anos, ingressantes no ano de 2017; sendo entrevistados após participaram de atividades de educação em saúde. As atividades de extensão aconteceram entre os meses de Março à Dezembro de 2017, duas vezes na semana, sendo na terça-feira e quinta-feira no período vespertino; com duração de 50 minutos cada atividade. A coleta de dados ocorreu em novembro de 2017, onde utilizamos uma entrevista semi-estruturada. Os resultados revelam que, a maioria são mulheres N= 48 (96,00%), com idade entre 60 a 70 anos N= 35 (72,91%), com ensino fundamental completo N=15 (31,25%). São Casadas N= 35 (72,91%). Com aposentadoria N= 33 (68,75%). Com a religião católica N= 42 (87,50)% e todos N= 50 (100%) reside no município de Passos/MG. Das unidades temáticas emergiram dois temas: em busca de novos conhecimentos e interações psicossociais. Percebemos que o estudo está proporcionando o envolvimento dos idosos no processo de cuidar-se; tendo a oportunidade de aumentar o conhecimento quanto as questões relacionadas ao envelhecimento saudável e ativo; promovendo autonomia e independência para um envelhecimento ativo e saudável-bem sucedido. Ressaltamos que a Universidade da Maturidade está permitindo aos idosos refletir que existem dificuldades e descobertas que podem ser encaradas de forma tranqüila, apesar das alterações existentes, desde que se busquem caminhos para se adaptar a essas transformações.


Palavras-chave


Saúde do Idoso; Educação em Saúde; Terceira idade.

Texto completo:

PDF

Referências


AZEVEDO, C. Porque o tempo parece acelerar? 2009. Disponível em. Acesso em: 22 maio 2011.

DRAGO, S. M. M. S.; MARTINS, R. M. P. A depressão no idoso. 2012. Disponível em:

. Acesso em: 20 fev 2018.

IBGE.População idosa vai triplicar nos próximos 20 anos. Disponível em:

. Acesso em: 20 fev 2018.

MINAYO, M. C. S.O desafio do conhecimento. São Paulo: Hucitec, 2007.

OLIVEIRA, M. H.; QUEIROZ, N. C.; Perfil do envelhecimento psicossocial dos idosos matriculados na unabem nos anos de 2013 e 2014. 96f. (TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO). Faculdade de Enfermagem de Passos. Fundação de Ensino Superior de Passos – FESP/UEMG. Passos, 2014.

ORFANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE. Número de idosos quase triplicara no Brasil até 2050 afirma oms. 2015. Disponível em: . Acesso em: 21 fev 2018.

ORFANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE. Número de idosos quase triplicara no Brasil até 2050 afirma oms. 2015. Disponível em: . Acesso em: 10 fev 2018.

SÉ, E. V. G. Caminhos para uma velhice bem-sucedida. 2009. Disponível em:

. Acesso em: 22 fev 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2359-1269v5n12018158

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Rhuan Luiz Ribeiro Mota, Nilzemar Ribeiro De Souza, Vilma Helenice Contato Rossi, Pamella Graciela Messias Santos, Rafaela Esteves Guimarães

INDEXADORES:

 


Eixos Tech, Passos, MG, Brasil. e-ISSN: 2359-1269

Classificação Qualis: B4

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado por Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.