ACOLHIMENTO PUERPERAL NO CONTEXTO ATRIBUÍDOS AS PRIMÍPARAS

Raissa Carolina Pereira, Lays Figueiredo Inácio da Silva, Iacara Santos Barbosa Oliveira, Beatriz Dutra Brazão Lelis

Resumo


Introdução: Grandes transformações circundam a mulher durante o ciclo gravídico-puerperal, são mudanças que atingem o estado fisiológico, emocional. Com essas transformações,ocorrem também o medo e a insegurança, devido os cuidados que serão necessários com o recém-nascido, medos que variam diante do contexto de vida da puérpera primípara, que ainda está na fase de recuperação do próprio organismo, cabendoao profissionalde saúde oferecer o apoio necessários e mudar a realidade na qual focaliza-se apenas no bebê. Objetivo: analisar e compreender os sentimentos de puérperas primíparas que participaramdo curso de gestante e suas consequências na prática do cuidar relacionados à maternidade no contexto do parto, nascimento e cuidados com o neonato.Metodologia: no estudo foi usado o método exploratório e descritivo de abordagem qualitativa, pautado no conceito de humanização, na modalidade de análise temática, a partir de entrevistas com as puérperas primíparas em seu domicílio. Foram obtidos através da análise de conteúdo a partir da entrevista semiestruturada. Este estudo conta com público alvo de 10 puérperas que realizaram o curso de gestantes em 2016, fortalecendo o compromisso social da universidade na real interação ensino-serviço-comunidade. Resultados:Os depoimentos trazem o impacto de ser mãe pela primeira vez diante do nascimento que remete repercussões no puerpério dessas primíparas. A participação no Curso de Gestantes remeteu resultados positivos e de significativa importância na vida dessas primíparas. A partir da análise dos relatos as categorias que compõem esse tema são: Significado de ser mãe; Dificuldades relacionadas ao cuidado do recém-nascido; Autocuidado no puerpério; Relacionamento e mudanças pessoal e familiar e a Perspectiva do curso de gestante. Considerações finais: ficou nítido a importância do apoio de profissionais de saúde compartilhando o conhecimento e possuindo a sensibilidade  de compreender não só os aspectos biológicos, mas também os emocionais, sociais e culturais em que a primípara se encontra, para  assim lhe prestar uma assistência qualificada. A relação de acolhimento profissional/paciente no Curso de Gestante obteve êxito tendo contribuído muito na troca de experiências, orientações e desmistificação da maternidade.

 

Descritores:Gestantes; Puérperas; Maternidade

 

Área temática:Processo de Cuidar em Enfermagem na Saúde da Mulher


Palavras-chave


Gestantes; Puérperas; Maternidade

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, C. de J.; BACELLI, M.S.;, BENINCASA, M. O vínculo mãe-bebê no período de puerpério: uma análise winnicottiana. Revista do NESME, v.14,n.1, p.1-13, maio 2017. Disponível em:

COELHO, D.D.R.; SOUZA, J.L.A.de. TORRES, M.M.S.M.; DREZETT, J. Gravidez e maternidade tardia: sentimentos e vivências de mulheres em uma unidade de pré-natal de alto risco em barreiras, Bahia. Revista das Ciências da Saúde do Oeste Baiano - Higia, v. 2, n.1, p. 1-19, 2017. Disponível em:< http://fasb.edu.br/revista/index.php/higia/article/view/145/202>

XAVIER, A.C.A.; JESUS, M.da G. R.de; PEREIRA, A.S.; SANTOS, K.A.; FERREIRA,D.A.S.; SALES,S.N.V. Cuidados com o recém-nascido. Revista de Inovação, Tecnologia e Ciências (RITEC), v. 1, n. 1, p. 168-172, 2015. Disponível em:




DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2359-1269v5n12018151

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Raissa Carolina Pereira, Lays Figueiredo Inácio da Silva, Iacara Santos Barbosa Oliveira, Beatriz Dutra Brazão Lelis

INDEXADORES:

 


Eixos Tech, Passos, MG, Brasil. e-ISSN: 2359-1269

Classificação Qualis: B4

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado por Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.