ABSCESSO CEREBRAL: UM ESTUDO DE CASO EM PEDIATRIA

Francine Silva Palage, Bruna Costa Andrade, Jeniffer Thainá Ferreira, Sandra de Souza Pereira

Resumo


Introdução: De acordo com Correia et al (2017) abscesso cerebral é uma doença rara e grave, que oferece risco de vida, se constitui em uma área localizada com supuração cerebral. Ocorre mais  freqüentemente na região do lobo frontal sendo que geralmente o diagnóstico é tardio, percebido somente quando o indivíduo vem a apresentar alguns sintomas. O que pode ocasionar ainda mais seriedade ao caso. Apesar da gravidade, se realizado um diagnóstico precoce, o tratamento é otimizado e possui chances de um bom prognóstico. Objetivo: Retratar  um caso clínico de abscesso cerebral em região frontal ocorrido na Santa Casa de Misericórdia de Passos e feito isso elaborar um plano de cuidados pautado no diagnóstico da Nanda. Metodologia: O caso clínico se dá por um usuário do sexo feminino de 11 anos, hospitalizada  com o diagnóstico de abscesso cerebral frontal. Foram coletados dados do prontuário, executado exame físico, coleta de dados de enfermagem, desenvolvimento do plano terapêutico e utilizado como instrumento às escalas DINI, Glasgow, Braden, Pews e EVA. Resultados: O diagnóstico de enfermagem é um julgamento clínico sobre  as demandas do indivíduo, de sua família ou da comunidade em que se é inserido, todas as questões relacionadas á saúde. O mesmo proporciona a base para a escolha das intervenções de enfermagem e a melhor forma  para atingir as metas estipuladas (OLIVEIRA, 2015). Para realização do diagnóstico de enfermagem obteve se os seguintes resultados: Glasgow 15, Braden 24, DINI cuidados mínimos, EVA 0, PEWS 0 .   Conclusão: Foi possível atentar que o abscesso cerebral é uma enfermidade séria e desta forma o enfermeiro necessita se dedicar ao máximo para gerar um plano de cuidado eficaz, direcionado ao individuo e suas particularidades, prezando a melhoria dos parâmetros do quadro clínico, e estando em alerta na decorrência de episódios que possam surgir, orientando a todos os envolvidos no processo.Introdução: De acordo com Correia et al (2017) abscesso cerebral é uma doença rara e grave, que oferece risco de vida, se constitui em uma área localizada com supuração cerebral. Ocorre mais  freqüentemente na região do lobo frontal sendo que geralmente o diagnóstico é tardio, percebido somente quando o indivíduo vem a apresentar alguns sintomas. O que pode ocasionar ainda mais seriedade ao caso. Apesar da gravidade, se realizado um diagnóstico precoce, o tratamento é otimizado e possui chances de um bom prognóstico. Objetivo: Retratar  um caso clínico de abscesso cerebral em região frontal ocorrido na Santa Casa de Misericórdia de Passos e feito isso elaborar um plano de cuidados pautado no diagnóstico da Nanda. Metodologia: O caso clínico se dá por um usuário do sexo feminino de 11 anos, hospitalizada  com o diagnóstico de abscesso cerebral frontal. Foram coletados dados do prontuário, executado exame físico, coleta de dados de enfermagem, desenvolvimento do plano terapêutico e utilizado como instrumento às escalas DINI, Glasgow, Braden, Pews e EVA. Resultados: O diagnóstico de enfermagem é um julgamento clínico sobre  as demandas do indivíduo, de sua família ou da comunidade em que se é inserido, todas as questões relacionadas á saúde. O mesmo proporciona a base para a escolha das intervenções de enfermagem e a melhor forma  para atingir as metas estipuladas (OLIVEIRA, 2015). Para realização do diagnóstico de enfermagem obteve se os seguintes resultados: Glasgow 15, Braden 24, DINI cuidados mínimos, EVA 0, PEWS 0 .   Conclusão: Foi possível atentar que o abscesso cerebral é uma enfermidade séria e desta forma o enfermeiro necessita se dedicar ao máximo para gerar um plano de cuidado eficaz, direcionado ao individuo e suas particularidades, prezando a melhoria dos parâmetros do quadro clínico, e estando em alerta na decorrência de episódios que possam surgir, orientando a todos os envolvidos no processo.

Palavras-chave


Pediatria; Estudo de caso; Cuidados de Enfermagem



DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2359-1269v5n12018212

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Francine Silva Palage, Bruna Costa Andrade, Jeniffer Thainá Ferreira, Sandra de Souza Pereira

INDEXADORES:

 


Eixos Tech, Passos, MG, Brasil. e-ISSN: 2359-1269

Classificação Qualis: B4

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado por Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.